Oki

Congresso Internacional de Celulose e Papel discutirá os novos caminhos da indústria

01/06/2017 - 13:06

A atuação de vanguarda tecnológica que tem sido a característica particular do setor brasileiro de celulose e papel tem se concentrado atualmente em duas vertentes principais, que deverão nortear o crescimento dessa indústria no País: a diversificação dos negócios através das biorrefinarias integradas na base florestal (diversificação dos produtos a serem obtidos a partir das árvores de florestas plantadas); implementação dos conceitos de indústria 4.0 ou do uso intensificado da automação e tecnologias da informação. Considerados chaves para o desenvolvimento e competitividade das empresas no futuro, esses dois conceitos serão discutidos extensamente durante o 50º Congresso Internacional de Celulose e Papel, promovido pela ABTCP - Associação Brasileira Técnica de Celulose e Papel, de 23 a 25 de outubro, em São Paulo.

Os projetos de investimento das empresas, em andamento ou previstos, que visam ao aumento dos plantios florestais, ampliação de fábricas e novas unidades, incluindo investimentos em tecnologias, são da ordem de R$ 22 bilhões de 2017 a 2020, tal é sua importância, conforme dados da Ibá - Indústria Brasileira de Árvores. Nesse sentido, permeará no evento a discussão sobre quais são os novos caminhos, novos processos e novas tecnologias, que se desenvolverão nos próximos anos, com apresentações durante Sessões Técnicas e Temáticas, realizadas em eventos simultâneos.

Com novo formato e realizado em um novo espaço: um dos mais prestigiados hotéis de São Paulo, o Unique, o evento propõe o envolvimento do público nesses três dias de total imersão nas principais tendências para essa cadeia produtiva. Os preparativos já começaram. Com 88 trabalhos inscritos, que agora estão em avaliação pelo comitê científico, o Congresso Internacional de Celulose e Papel começa a ganhar forma para receber um público altamente qualificado.

“Por ser organizado por uma associação técnica, envolvendo um alto grau de compromisso na seleção de trabalhos e temas, o Congresso foi estruturado de forma a abranger esses assuntos tanto do ponto de vista da sua aplicabilidade prática para a indústria, na área de pesquisa e desenvolvimento, bem como da produção científica e acadêmica”, enfatizou Darcio Berni, diretor executivo da ABTCP.

Os novos usos do papel, o futuro do processo da polpação kraft, entre outros assuntos como recuperação e energia e meio ambiente farão parte das Sessões Técnicas do evento. Por isso, as sessões temáticas abordarão as biorrefinarias e temas como nanotecnologia e inovações no mercado de papéis tissue. Haverá ainda uma sessão especial, chamada “Profissionais do Futuro”, que trará os profissionais de recursos humanos de importantes empresas falando sobre os perfis requeridos nos profissionais técnicos do setor para atendimento dessas novas demandas técnicas, comportamentais e relacionais.

Entre os palestrantes chaves convidados, importantes nomes já têm presença confirmada, como Ari Medeiros, diretor industrial da Veracel Celulose e Pedro Fardim, professor na Abo Academy University, na Finlândia, que participarão das Sessões Técnicas. Outro nome é Rod Fisher, fundador da Fisher International, com estudos econômicos sobre o setor em todo o mundo, e que estará presente na Sessão Temática da Indústria 4.0.

Celso Foelkel, presidente desta edição especial do tradicional Congresso ABTCP, enfatiza que o evento é uma excelente oportunidade para compartilhar conhecimentos sobre temas de fundamentais importâncias para a competitividade futura da indústria de base florestal no Brasil. “As discussões sobre inúmeros aspectos que compõem essa pauta se propõem a gerar conclusões e propor novas rotas sobre as muitas maneiras de contribuir com a transformação da indústria de celulose e papel nas próximas décadas”.

Além da solenidade de abertura do ABTCP 2017 - 50º Congresso Internacional de Celulose e Papel -, o tradicional jantar de confraternização será realizado em comemoração ao jubileu de ouro da Associação e será um momento de fortalecimento e relacionamento entre os associados e profissionais da indústria.

  Mais notícias

Gráfica Inteligente Abrafati Agnelo Editora Anuncie aqui