Oki

Congraf evolui processo de produção ao investir em serviços da Heidelberg

30/11/2017 - 16:11

A Congraf implantou em seu parque gráfico o programa de consultoria e treinamento Performance Plus, desenvolvido pela Heidelberg. De acordo com Kesler Santos, gerente da Heidelberg, o programa empregado na Congraf começou com uma avaliação da equipe por meio de provas com conteúdo técnico. “Após esse trabalho, os operadores receberam um treinamento teórico, apostilado. Consta também no programa uma inspeção completa no equipamento feita pelos especialistas da Heidelberg, além de treinamentos específicos para que a equipe use os recursos da máquina em sua totalidade“, exemplifica Santos acrescentando que houve a constatação que a Congraf não estava utilizando um equipamento chamado Image Control, que faz a leitura de cores e a inspeção de qualidade.

“O equipamento foi reativado, com troca de peças e treinamento dos operadores. Com isso, conseguimos reduzir consideravelmente o desperdício e o tempo de acerto com melhor qualidade. Além disso, a cada três meses, é feita uma auditoria para identificar e corrigir possíveis desvios, tudo utilizando técnicas ISO 9000 e Lean Manufacturing “, avisa Santos.

Na prática, os resultados positivos estão aparecendo dentro do cotidiano da gráfica. Nicolau Avino, gerente administrativo da Congraf, destaca que, além dos benefícios como redução de tempo do operador, máquina e papel com ganho de qualidade, o Performance Plus trouxe maior confiança aos operadores. “Sentimos, desde o início do curso, que para o operador foi um ganho de confiança, ao mesmo tempo em que conseguimos uma integração total entre a pré-impressão e a impressão, agilizando e tornando mais eficiente todo o fluxo de trabalho”, observa Avino.

Sidney Anversa Victor, Presidente da Congraf, destaca que em um meio altamente competitivo como o mercado gráfico, a formação dos operadores é um diferencial para o sucesso das empresas, onde a qualidade, o preço e o prazo de entrega são fundamentais. “É importante contar com equipamentos modernos e eficientes, mas também é importante que as pessoas que lidam diariamente com esses equipamentos estejam aptas a conseguir o melhor que essas máquinas podem dar. Isso representa um ganho de qualidade e produtividade que pode ser a diferença na hora de atender um cliente de embalagem, que normalmente é superexigente em relação à qualidade de seu produto”, argumenta o presidente da gráfica.

  Mais notícias

Gráfica Inteligente Agnelo Editora Anuncie aqui