Oki

Suzano Papel e Celulose recebe Prêmio Amec de Eventos Corporativos 2017

21/12/2017 - 14:12

A Suzano Papel e Celulose recebeu no dia 20 de dezembro o Prêmio Amec de Eventos Corporativos 2017, concedido pela Associação de Investidores no Mercado de Capitais (Amec). A entrega do Prêmio Amec de Eventos Corporativos 2017 ocorreu na sede da entidade, em São Paulo, e contou com a presença de representantes da diretoria da Suzano Papel e Celulose e de membros da diretoria e do conselho da Amec.

A indicação feita pela entidade representa o reconhecimento dos investidores minoritários à operação de unificação de classes de ações da Suzano, ocorrida no processo de migração da companhia para o Novo Mercado, o mais alto nível de governança corporativa da B3.

A premiação da Amec tem como objetivo identificar eventos corporativos que tenham impactado de forma positiva o mercado de capitais. A eleição é feita a partir de voto anônimo dos associados da entidade, que reúne 59 investidores institucionais, locais e estrangeiros. “O Prêmio Amec de Eventos Corporativos foi idealizado no sentido de colaborar para a evolução e melhorias das práticas do mercado de capitais nacional, focando especificamente em eventos e situações nas quais as companhias podem efetivamente fazer a diferença no tratamento dos seus acionistas e, consequentemente, no retorno do seu capital”, explica Mauro Rodrigues da Cunha, Presidente da Amec.

A unificação de ações, com a migração de todos os papéis preferenciais para ordinários, é um dos benefícios concedidos aos acionistas da Suzano a partir da migração para o Novo Mercado, concluída no dia 10 de novembro.  Além disso, todos os acionistas passam a ter direito a voto nas decisões da companhia e de venda conjunta (tag along) em caso de transferência de controle.

A migração, aprovada por unanimidade pelos acionistas da Suzano, ocorreu sem diluição dos acionistas minoritários ou pagamento de prêmio ao controlador, diferentemente de outras transações de migração de segmento de listagem. Ou seja, cada ação preferencial (A ou B) foi convertida em ação ordinária. “Acreditamos que seja nosso papel contribuir para o processo de transformação da sociedade e a construção de um Brasil melhor, por isso estamos dispostos a ouvir e gerar valor para todos os nossos stakeholders, como ocorreu com nossos acionistas minoritários no processo de migração para o Novo Mercado”, afirma Marcelo Bacci, Diretor de Finanças e Relações com Investidores da Suzano. “Para nós, a conquista do Prêmio Amec de Eventos Corporativos representa a certeza de que esses valores são igualmente prestigiados pela sociedade, aqui representada pelos investidores”, complementa o executivo.

  Mais notícias

Gráfica Inteligente Agnelo Editora Anuncie aqui